domingo, 15 de agosto de 2010

Encontro Inesperado


Certo dia estava um beija flor beijando uma flor e se depara com uma borboleta que por ali passava e logo lhe pergunta:
-quem és tu?
-ora um beija-flor
-que beija flor?
-aquele, que sai beijando todas as flores.
-Ah então você sai beijando todo mundo por aí?
-que eu saiba não... Por acaso você é uma flor?
-não, claro que não... Eu sou uma borboleta.
-haa sim. Então não se preocupe não vou beijá-la
-o que?  Mas que insulto!
-mas o que eu fiz de mais? Até então não estava tão preocupada em eu ser um tremendo beijoqueiro?
-sim, mas só por isso não quer dizer que deixaria me beijar.
-mas eu não disse que ia te beijar!- Calmamente diz o beija-flor
-olha você me respeite ou...se não..
-mas novamente torno a dizer que não estou te compreendendo pois não quero te beijar não se preocupe...
-e se eu quisesse?-pergunta a borboleta
-Aah não dá não...tenho muitas rosas e tulipas para beijar ainda.
-Mas quem disse que estou lhe pedindo algo seu...
-olha você agora está me insultando sabia?
-ok, mas eu não pedi nada viu...
Sim sim, eu só estou dizendo que...
-cale-se imbecil... Eu não te beijaria nem por mil flores neste mundo!
-ah ok, mas eu não daria nem uma para te beijar...
A borboleta não sabia mais o que fazer vendo o tremendo beijoqueiro de flores do beija flor dizendo aquilo tudo para ela...
-Olha esta  na minha hora de ir, e se tentar novamente me beijar não me respondo pelos meus atos...
O beija flor também enfurecido retruca:
-O que? Você responder pelo que? Ta maluca ? ah e você não faria nada tenho certeza, uma borboletinha inútil como você, acho que nem me beijaria...
-nunca, never! se você quer saber mais, eu beijo e muito bem...
-então prove...
-O que disse?
-prove...
-você está pedindo para eu te beijar?
-não , apenas estou querendo que prove...e não teria a audácia de me beijar...
-você duvida da minha capacidade? Você seu inútil... Eu vou te dar...
-calma, eu não vou implorar que prove nada... E você não ia embora mesmo?
-há, está me tocando daqui? Fique sabendo que parte dessas flores eu quem fecundou..
- e parte delas eu quem semeei... E agora o que vai fazer?
-vou indo a procura de flores mais agradáveis e que ainda não tenham sido beijadas por você...
O beija flor percebe a derrota da borboleta e que avia desistido da batalha então diz:
-pode ficar não quero mais beijar flores estou cansado delas...
-ah passou para os cravos agora?- E a borboleta da um escândalo do risada...
-que isso... o que acha que sou? Eu simplesmente estou afim de beijar outro tipo de flor da natureza- diz olhando para ela com olhar safado.
- a borboleta com uma cara de não estar entendendo nada diz estar sentindo o mesmo mas que não saberia se era certo ela deixar de agir como as outras e seguir suas próprias vontades...
-então vamos tentarmos juntos... Seremos diferentes, mas não seremos os únicos... Fazermos o que tivermos com vontade de fazer a tempos e pronto danem-se os outros
-ok  fechado, podemos começar nosso trato a partir de agora, para não dizer depois que o outro não cumpriu.
-ok. -O beija-flor com uma carinha nada discreta soltando sorrisinhos estava com sua escolha em mente... e a ingênua borboleta pensava no que poderia estar pensando em fazer sendo que o que ela queria era só beijá-lo desde em que tinha visto mas não sabia como dizer e muito menos fazer aquilo, mas estava na hora e ela já tinha decidido o que fazer...
-então vamos logo com isso - disse a borboleta tremendo que não agüentava bater as asinhas...
-sim nos já fazemos o que cada um tem vontade e pronto, será nosso segredo- o beija-flor super relaxado e com a cara de galanteador disse...está preparada?
-como não estaria? Disse a borboleta angustiada...
-então vamos lá
O beija flor se prepara estufa os peitos e encolhe os pesinhos vindo em direção a borboleta, a mesma fica parada sem saber o que fazer e muito menos o que o beija- flor iria fazer, sentiu medo, cala frio e pensava:
-aiai, o que eu faço agora? ele esta vindo  em minha direção está mais fácil para beija-lo, mas o que eu faço, e se ele regeitar ? A borboleta não agüenta a pressão e cai em desmaio, o beija flor se depara com o perigo de ela se espetar em algum espinhode rosa e rapidamente a socorre... e ela cai em  suas asas e acontece a bitoca mais perfeita entre os dois, a borboletinha acorda com os beijos do beija flor e suas asinhas vão a mil por segundo...e acorda novamente , com a maior cara de espanto e surpresa..
- o que aconteceu?
-você desmaiou e eu te salvei...
-e por que me beijou sendo que eu nem tinha te beijado?
-ah era isso o que eu ia fazer. Por que você ia me beijar também?Pergunta surpreso o beija flor.
 A borboleta bem facera disfarça...
- não claro que não! Eu ia apanhar o necta daquela flor que pertence às abelhas hehe..
- hum... Mas então era isso eu ia beijá-la... Queria fazer isso desde o primeiro momento em que te vi, só não sabia como.
-Mas por que não disse antes? Disse a borboleta sorridente.
-Como?fala Desconfiado o beija flor .
-Ah nada, agora tenho que ir...tchau...
- mas você não fez a sua parte do trato?
- que? Diz a borboleta toda desajeitada.
-você não pegou o necta das abelhas como prometido...
- a borboleta sorri e novamente disfarça.
-aaah é mesmo! O necta! Era isso que tinha em mente todo o tempo.
- então pegue, oras...
- sim... A borboleta correu apanhou o necta antes que as abelhas perceberam e saiu às pressas para nem se sabe aonde, apenas queria sair daquela situação em que havia se metido...
 O beija flor voltou a beijar suas rosinhas e tulipas todo feliz se sentindo o máximo e a borboleta facera saiu assoviando como se não tivesse sido nada de empolgante o beijo desesperador que tinha levado...até que Lá do alto ela grita!
-A gente se encontra qualquer dia desses lá nas orquídeas- e o beija flor olhou para ela e sorriu...confirmando o encontro...

3 comentários:

  1. Oiii

    Adorei o seu blog... da uma passada lá no meu e se gostar me segue.... bjinho

    ResponderExcluir
  2. ooi
    Blog ótimo !
    parabéns mesmo...
    meu e-mail: amandy.mr@hotmail.com
    vllw bjbj;D

    ResponderExcluir